Arquivo da categoria: Mi casa

Caixa de medicamentos (primeiros socorros)

Bom dia,boa tarde,boa noite,gente linda! ;= )

Quando moramos com nossos pais,geralmente não nos preocupamos com muita coisa.

Se você passa a a ajudar financeiramente em casa,quando começa a trabalhar,sua preocupação se restringe a uma ou duas contas a pagar no prazo.

Também não é preocupação básica ter medicamentos em casa.

Por que normalmente,o mais urgente nossos pais providenciam.

Medicamento só passa a ser preocupação quando você passa a ter sua casa,incluindo aqueles mais básicos que até então,você sequer tinha pensado…

Por isso,é muito bom ter algum remédios em casa,ter uma caixa de primeiros socorros.

Eu mesma já passei por perrengues por conta disso.Por exemplo:peguei uma infecção intestinal (descobri isso na consulta médica) que não me deixava muito tempo longe do banheiro…hahaha…cômico se não fosse trágico…)  e eu não conseguia ir até a farmácia comprar algum medicamento e a farmácia mais próxima até tinha motoboy mas não passava cartão desta forma(via motoboy)…resultado:só consegui ir no médico no dia seguinte e passei um dos piores dias da minha existência! (Não riam,pode acontecer com vocês também!)

E outra vez que tive crise de sinusite e nem soro fisiológico eu tinha na minha humilde residência…hahahaha

Depois disso prometi a mim mesma que não ficaria mais sem meus remedinhos para a sinusite e também me precaveria de qualquer outro contra tempo…

Gente,MUITO LONGE DE INCENTIVAR A AUTO MEDICAÇÃO e nem dar uma de hipocondríaca,o papo aqui é lembrar que,como humanos que somos,as vezes,ficamos doentes.

E ficar doente quando se tem alguém para ajudar é ruim,morando sozinha(o) então, é terrível!

Por isso,ter uma caixinha de primeiros socorros também é muito importante,sim!

Assim,como é importante manter a conta de energia elétrica em dia  😉

Mas é bom reforçar;AUTO MEDICAÇÃO,NÃO!Combinado,moçada?

Voltando ao assunto,eu deixo a dica do que é bom ter em casa para não passar nenhum aperto na hora do dodói que pode ser até mesmo um corte no dedo (acontece até com chefes de cozinha,acredite) quando você está preparando um jantarzinho básico…mas sem neuras,ok?Vamos lá?

  • gaze
  • Band-aid
  • esparadrapo/micropore
  • descongestionante nasal (popular Vic Vaporub)
  • soro fisiológico
  • água oxigenada
  • anti-diarreico
  • antialérgico *
  • antitérmico
  • anti-ácido
  • antisséptico
  • remédio para prisão de ventre *
  • remédio para cólica menstrual *
  • remédio para dor de cabeça *
  • remédios para resfriados/gripes *
  • pastilha para dor de garganta *
  • emplastro/pomada p dor muscular
  • pomada para queimaduras
  • algodão
  • hastes de algodão
  • tesoura
  • termômetro
  • bolsa de água quente/fria
  • álcool
  • água boricada

Se você,assim como eu,tem algum problema crônico como a minha sinusite é sempre bom deixar os medicamentos que seu médico costuma prescrever em estoque.

Não,não é para levar a farmácia para casa.E reforçando:NÃO É PARA SE AUTO MEDICAR!

Mas nesse caso,ter os remedinhos dos quais já estamos habituados nos libera de a cada crise,passar por consulta (o que também não é barato).

Claro que só seu médico sabe o que é melhor para você,então o parágrafo acima só vale em crises leves ou moderadas.Piorou?Agende um horário no consultório IMEDIATAMENTE!

Já os itens que foram marcados com um *,são para ressaltar que  podem ser aqueles ao qual você já está acostumada (o) como no caso de resfriados e gripes.

Para mim,vale as aspirinas.Para cólicas,Advil resolve…enfim,cada um vai saber o que melhor funciona para si.

Os demais itens são básicos e funcionam em qualquer imprevisto.

Monte sua caixinha de primeiros socorros e se preciso,adapte-a á sua necessidade.

Compre uma caixinha bem bonita ou faça você mesma (o) uma e deixe-a sempre em local de fácil acesso (vale lembrar que se houver crianças em casa,todo medicamento deve ser mantido em prateleiras altas).

Espero que tenham gostado da dica.

 

Um big beijo e até a próxima!

 

 

Morar sozinha (o)

Olá minha gente!Tudo bem com vocês?

Hoje eu venho falar,sobre aquela vontade que vai surgindo na gente de ter nosso cantinho,nosso espaço,nossa casa.

São vários os motivos que nos fazem pensar em sair da casa de nossos pais e isso também varia muito de pessoa para pessoa pois,pode ser mais cedo ou mais tarde em termos de idade.E cada um é cada um,até para bater as asas e voar.Né?! 😉

Você pode sair da casa dos seus pais para estudar em outra cidade quando se mora no interior ou,quando se mora numa cidade grande para facilitar o acesso e evitar o cansaço de longos trajetos.Você pode querer ou precisar sair da casa de seus pais por conta de um novo emprego,um concurso que prestou e foi bem sucedido.Ou por que não,quando resolve juntar as escovas de dentes com o namorado (a).E ainda numa última hipótese,você pode  estar a fim de simplesmente dizer:agora,esta casa é SÓ MINHA!

O fato é que em todas essas alternativas o primeiro passo para sair de casa é:PLANEJAMENTO.

Sim,se você cogita sair do conforto da casa dos seus papis esteja ciente que você precisa estar com o planejamento em dia e o quanto antes começar a se planejar,melhor.

E também vale alguns questionamentos.

O primeiro ponto a ser pensado é se você já sabe se virar sozinha (o).

Parece meio óbvio mas muito gente se esquece que a sua mãe não vai estar lá para preparar seu café,lavar sua roupa,cuidar da limpeza da casa,etc…E é aí que muita gente descobre que a roupa limpa,passada e cheirosa não aparece como mágica no guarda-roupas  e nem aquela pilha de  louça suja se lava sozinha.

Eu como aprendi desde muito cedo os afazeres domésticos,posso dizer que me saio bem nesse quesito e acredite;sempre que sua mãe disser que você tem que aprender tal coisa por que um dia você vai precisar,é por que você vai precisa,então trate de aprender! #maesabedetudo#maetemrazao#sempre

Aqui eu não prego que você precise ser um chefe de cozinha francês e saiba fazer um milhão e trezentas mil coisas mas,o ideal é que você saiba fazer pelo menos o básico:arroz,feijão,macarrão (aqui não vale macarrão instantâneo), café (pois é,tem gente que não sabe…a menos que você não tome café…daí você pode pular  😛 ) ,etc.

A princípio,pode parecer que não mas,não saber cozinhar o mínimo do mínimo vai enrolar a sua vida.Você terá duas opções:ou você vai comer fora e não vai comer bem,pois sempre vai apelar para fast food e vai gastar muuuuuuuuuiiiiiiiito ou vai passar a miojo e não vai comer bem do mesmo jeito.Isso vai ficar caro,vai te fazer engordar e,sabemos,gordurinhas extras nos trazem problemas de saúde ou então,na melhor das hipóteses,você vai enjoar.Escreve aí:bem mais rápido do que você imagina 😛

Claro,que ter miojo em casa salva naqueles dias de preguiça ou cansaço extremo.Que lanche,pizza e batata frita são ótimos não restam dúvidas.

O que não pode acontecer é você esquecer da alimentação saudável que com toda certeza deste mundo,você tinha na sua casa assim como eu tinha na minha.

Esse é um hábito que deve ser levado para a sua nova casa,seja por qual motivo você esteja nela.

Ok,eu admito que não sou muito fã de cozinhar e admito mais ainda que cozinhar para uma pessoa só as vezes (…tá,a maioria das vezes…) é chato para caramba!Mas é a vida 😉 😉

E com o tempo,a gente se acostuma ou se conforma…hahahaha

O segundo ponto a ser questionado é:você é uma pessoa organizada?

Se sim,parabéns,estamos no mesmo time.

Se não,trate de mudar seu jeito já.

Não,eu não quero dizer que você,meu leitor e minha leitora tão queridos (por falar nisso,obrigada por estar aqui me visitando  😀 )  sejam obrigados a tornarem-se os verdadeiros paranoicos por organização e limpeza.

Mas,a verdade verdadeira é que ser organizada (o) vai facilitar a sua vida.

Tire um dia para limpar a casa,se preferir um cômodo por dia.

Escolha um dia para lavar e passar as roupas.Não as deixe espalhadas pelo chão:pegou na gaveta,usou, vai direto para o cesto de roupa suja.E isso inclui também seus sapatinhos,viu?Nada de guardar calçado usado,com sujeira da rua dentro do armário,hein? 🙂

Essas dicas podem até parecer batidas demais e são.Mas ainda não inventaram outra forma de fazer essas coisinhas… 😉

Se você pensa em ter um pet, MUITA ATENÇÃO!!!Esteja consciente de que é a partir de então,uma vida depende totalmente de você.

Pode crer,não existe alegria melhor do que a companhia de um animalzinho naquela casa tão silenciosa quando se está de fato,sozinha (o).

Eles alegram o ambiente,fazem “estrepulias” e te enchem  do mais genuíno amor.Mas dão trabalho,ficam doentes,dão gastos com ração,vacinas e consultas veterinárias,e até te prendem em casa quando você quer viajar mas não tem quem cuide…

Pondere muito antes de adotar um gato,cachorro ou comprar um passarinho ou qualquer outro pet.Ele passa a ser de sua extrema responsabilidade e se você não quer tamanho compromisso agora,pense melhor e deixe para ter um bichinho de estimação mais para frente.

Só faça isso quando se sentir maduro o suficiente para fazer a adoção consciente,de verdade.

Se já pensou muito e marcou a maioria das respostas como positivas e tem total certeza do que está fazendo,vá em frente.

Do contrário,pare por aqui e deixe esse assunto para depois.Ok?

Agora,entremos no terreno mais perigoso desse post:dinheiro.

Sim.Grana,bufunfa,money,din din.

Sim,por que assim como sua mamis não vai estar lá para com uma “varinha de condão” fazer tudo ficar limpo e arrumado seu papai querido também não vai estar lá com o cofre do Tio Patinhas para te salvar no primeiro sufoco financeiro.Você vai precisar ser muito,mas muito,muito mesmo organizado com dinheiro.

Meu Deus,como uma casa tem contas a pagar!É vida de gente grande nem sempre é tão legal como a gente imaginava quando era criança… 😦

São muitas obrigações a cumprir,sem falar dos imprevistos que sempre acontecem.

Além das contas de água,energia elétrica (que Senhor,está pela hora da morte!),internet,supermercado,entre tantas outras também pode acontecer do chuveiro queimar,a torneira estragar,o vidro quebrar…entre tantos outros pepinos que podem aparecer…por isso,o melhor é ser coerente e cortar tudo o que não for de primeira necessidade,pelo menos num primeiro momento.

Vai doer um pouquinho,sim,mas como tudo na vida a gente vai se adaptando.

E eu nem entrei no assunto mobília…vou esmiuçar este assunto em um outro post.Só adianto que para isso,também vai ser preciso desembolsar muitas notinhas com peixes,onças e afins…portanto,prepare-se!Mias uma vez a palavra de ordem aqui  é planejamento!!

E isso também não quer dizer que as compras de roupas e sapatos,celulares ou o que mais te agradam estarão proibidas para sempre em sua vida.

Claro que não.Apenas acontece que agora,além de prioridades também existirão infinitas responsabilidades e disso a vida adulta não deixa ninguém de fora.Uma hora ou outra elas batem na nossa porta,entram e nunca mais vão embora.Disso não se escapa!

No mais,é só alegria,pode apostar!Ter seu canto,receber suas visitas,ir dormir e acordar a hora que bem entender,arrumar tudo do seu jeito (ou até mesmo,não arrumar nada) é muito bom!

O mais sensato e sentar,pensar,repensar e analisar se esta na hora mesmo de você sair da casa dos seus pais.Se você ainda não está madura (o) o suficiente ou se ainda pode esperar um pouco para se planejar melhor sua saída sem maiores traumas (assunto para outro post também) nada justifica um desespero de sair do ninho correndo.

Gente,sair da casa dos pais é tão natural como beber água,uma hora acontece.Seja para trabalhar,estudar,casar..enfim,cada um no seu tempo,na sua hora,sem neuras ou pressões externas,nem atropelos.

E acredite,o melhor para você vai acontecer quando tudo no universo estiver devidamente preparado para acontecer da melhor maneira de puder acontecer.

Obrigada pela companhia!

Bjoks da Re para você!

Até mais!