Arquivo mensal: maio 2016

Afinal,o que é o amor?

Muita gente fala em amor.Que é bom amar e ser amado e eu não discordo.

Mas existem infinitas formas de se expressar um sentimento,muito além de um abraço,de um beijo.

Não estou falando aqui,somente do amor homem mulher no exemplo citado acima que usa beijos e abraços para se manifestar.O amor aos pais também pode usar dos mesmos recursos para transparecer.

Mas tem gente que não é “dado a carícias’ e mesmo assim ama,sofre,se envolve,se enaltece pelo outro,aquele bem próximo e aquele distante.

Esse sentimento tão exaltado pelo ser humano pode se manifestar de maneiras tão diversas e inesperadas que chegam a nos fazer parar para refletir.

Aquele que ajuda o mais necessitado,saindo de sua casa numa noite gelada á procura de quem não tem nada para se proteger levando consigo mais que um simples agasalho ou cobertor quentinho.Essa pessoa leva consigo amor,compaixão,atenção e benevolência.

Aquele que tira um animalzinho maltrato,chutado,machucado,arisco e assustado da rua também ama,quer cuidar,quer fazer algo mais.E sabe que mesmo não recebendo  gratidão em palavras,será recompensado.

Aqueles que se mobilizam diante de uma tragédia e não medem esforços para enviar o mínimo de conforto a quem não conhece,as vezes tão longe de sua realidade,transcende tudo o que pode haver de pior na humanidade.

Aquele ou aqueles que travam verdadeiras batalhas para livrar um homem,uma mulher de um vício seja ele em drogas,seja ele em bebidas,seja  queda pela jogatina ou seja qualquer outro vício.Pois mais do que tirá-los daquele meio,o foco maior acaba sendo levantá-lo,conduzindo-o de volta a sua família,seu círculo de amigos,á sociedade,enfim á vida.

Aquele pai ou mãe que se levanta diversas vezes na noite ou então nem se deita para checar a temperatura do filho e envelhece mais de depressa de preocupação,simplesmente ama.Ama incondicionalmente.

E mais tarde,quando o tempo já passou e os papéis se invertem e aquele filho ou filha que foi embalado com tanto carinho e dedicação,fica á postos na beira do leito do hospital cuidando de seus pais,orando e pedindo á Deus pela cura e retorno deles a casa….que á morte se desvie,não os visite…está retribuindo o que?Amor e nada mais.

Ame seus pais,um dia eles irão embora.Não importa como você irá demonstrar esse amor,apenas ame.Sua mãe,seu pai,seu irmão,seu amigo,seu cachorro  ou papagaio irão entender ainda que nada for dito.

Ame seu próximo naquela moeda que você possa deixar no chapéu do mendigo,no prato de comida que você pode oferecer e agradeça por sua condição ser melhor que a do outro.

Ame não criticando,não condenando,não reclamando.

Está calor demais?Incomoda muito?Eu sei,incomoda.

Tome um sorvete,vá para a sombra se você pode fazer issoO calor tem sua razão de ser,por mais insuportável que ele esteja.

Está frio demais?Se agasalhe mais,o frio é mais fácil de ser contornado e torno a dizer:agradeça pelo moletom quentinho e limpinho que você tem mais que não é a situação que muitos enfrentam nas ruas.

Está sem dinheiro?Venda o que não te serve ou não usa mais  para frente.Mas faça isso sem apego.Deixe ir,”livrar-se” do passado também é uma forma de agradecer e amar o que te fez feliz um dia e hoje pode fazer outra pessoa igualmente feliz.Isso faz as energias boas circularem,acredite.E passe a economizar um pouquinho todo mês,do jeito que der mas faça.Isso também é amor,sabia.A si mesmo e ao fruto do seu trabalho.Sem exageros,ninguém está falando de “pão durismo”,mas de precaução.

Isso também é amar-se.

Doe aquilo que não pode ser vendido mas ainda tem serventia.Ajudar faz bem.

Faça isso mas sem alardes.O bem e amor não precisam de propagandas para se espalharem,apenas de ações.De boas ações.A vida te recompensará,pode ter certeza disso.

Ame não julgando o diferente,não aumentando a contenda mas se afastando dela e refletindo se o que há por trás dela não é falta do amor ou simplesmente a falta de luz (quem vem do amor) no coração de ambos os lados.

Dedique uns minutinhos do seu tempo junto ao seu namorado ou namorada,marido ou esposa,ajude-o (a) no que for preciso.As vezes só ouvir já basta,não é tão difícil assim…mas se for preciso,treine,treine e treine.Todo dia um pouquinho.

Quando perceber,já terá se tornado rotina.

Há amor quando você respeita a opção do semelhante em pintar o cabelo de roxo,em ser de tal tribo,de ser o que ou quem ele quer ser.

Há amor,quando se respeite a natureza,o trabalho humilde do gari que varre a rua  e você decide andar dez metros a mais com o papelzinho em mãos e o joga na lixeira.

Mais do que uma simples gentileza,existe amor quando você passa a sua vez para o velhinho no banco e honra aqueles cabelos brancos de quem já viveu mais que você e consequentemente,sabe mais que nós.Sim,nós.Você leitor ou leitora e eu que aqui escrevo.

Enfim,amar é isso ou tudo isso.É um pouquinho disso no dia a dia,na vida inteira.

Amar não é só beijar,abraçar,se enroscar no seu parceiro.

Isso é ótimo também!Não vou dizer que não!

Mas amor é mais que isso.

Amor é cuidar,querer o bem,torcer,rezar,acompanhar,estar por perto quando for preciso,é respeitar,enfim…amor é muito mais do que as palavras podem tentar dizer.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios